Feeds:
Posts
Comentários

Arrogância

Outro dia me perguntaram qual a maior diferença que eu sinto entre São Paulo e Brasília. Eu não soube responder na hora, mas fiquei pensando no assunto.

Depois de uns dias descobri.

Nunca vi um povo tão egocêntrico e arrogante como o de Brasília. Arrogante não do tipo “você sabe com quem está falando?”, mas do tipo “vou fazer o que for melhor pra mim e o resto do mundo que vá por inferno”.

Eu não via em São Paulo o tanto de gente que vejo aqui furando fila, entrando na contramão pra não ter que andar mais 100 metros até o retorno, parando em vaga de deficiente no shopping, ouvindo música alta às 2 da manhã. Como pode um povo em tese instruído e bem de vida (maior renda per capita do Brasil, lembram?) ser tão mal educado? Isso não entra na minha cabeça.

Toda vez que eu vejo alguém querendo dar uma de esperto, tipo, parando em fila dupla na frente da loja pra não ter que parar longe e andar, dizendo “ah, mas é só um minutinho”, eu tenho vontade de dizer “tudo bem, então eu vou te dar porrada só por um minutinho, não tem problema, não é?”

Dilema

Realiza:

Você e um amigo, por um motivo qualquer, estão no mar, tentando chegar à praia. Seu amigo desmaia e você tem que carregá-lo. O mar está bravo e há muitas rochas perto da praia. Uma onda vai jogá-los em cima das pedras. O que você faz?

1) Você pensa em proteger o seu amigo e deixa que a onda te jogue nas pedras?

2) Você é um canalha e usa o seu amigo desmaiado pra se proteger?

Isso tem resposta certa. Depois eu digo qual é

Merda!

Não é ter perdido.

É ter perdido na final depois de ter ganho o primeiro jogo jogando bem.

No fim do primeiro tempo já me veio aquela intuição que a vaca tinha ido pro brejo. Fui pro computador fazer qualquer outra coisa (mas acompanhei pela Jovem Pan – a esperança… vocês sabem!). Não li resumo do jogo, não vi o Bom Dia Brasil, não botei o olho no jornal.  “Denial state” total. Nem sei se foi pênalti no Acosta ou não.

*

Se não tivesse tomado aquele gol em São Paulo.

Se o André Santos não perdesse a bola no lance do primeiro gol.

Se o Felipe estivesse mais atento no lance do segundo gol.

É, o Se não joga…

*

Não tô revoltado, não tô desapontado… tô inconformado! Como eles podem fazer isso comigo??

*

De onde surgiu tanto torcedor do Sport?? Só no meu MSN hoje tinha uns 4 ou 5.

*

No fim do dia tive encontrar uma pessoa que não conhecia, pegar um documento, quando tô chegando ele me liga pra dizer “estou na frente do prédio, você vai ver quando chegar, estou com uma camisa do Sport”. Não conhecia, mas mandei à merda!

*

Quero botar a culpa no juiz que apitou mal, no jogador do Sport que falou mais do que devia, nos cartolas que armaram toda aquela confusão sobre ingressos… Mas não quero admitir que simplesmente o outro time jogou melhor. Isso nunca.

*

Eu nunca vou te abandonar, mas precisa judiar desse jeito?